Menu

Português – Espanhol

“O programa Tandem, facilitou o processo de aprendizagem da língua espanhol e português de uma brasileira e uma colombiana. A experiência foi valiosa entanto permitiu fazer trocas culturais que ajudaram a entender alguns usos da língua.

 Minha parceira e eu tivemos muitos temas comuns que contribuíram nas conversações acadêmicas, de pesquisa, de autores que juntas trabalhamos e nos interessamos por mais outros. Esta coincidência fixou um compromisso para nos encontrar quase todas as semanas em 2014.

 Além de nos encontrar para falar e fazer as correções, a gente conseguiu desenvolver atividades específicas como:

 Revisar textos, sinalar erros e fazer correções juntas.; explicar temas concretos em espanhol e em português que foram explicados mediante exercícios que desenvolvemos juntas; aprendizagem de formas verbais na fala, no cotidiano que tem a ver com o uso; leitura de textos em espanhol e em português que facilitaram a pronúncia.

 Muitos de nossos encontros foram marcados fora do CELIN, preferivelmente em cafés, restaurantes ou centros culturais que foram aproveitados para levantar temas ou inclusive para fazer trabalho na escuta.

 Devido às proximidades das línguas nós decidimos que cada encontro devia-se concentrar só uma língua. Assim, a gente poderia separar as diferenças linguísticas na fala e escrita. Esta decisão deu certa como metodologia pedagógica e que recomendamos para outros parceiros Tandem com línguas próximas.

 O interessante deste programa é encontrar necessidades de aprendizagem comuns que sejam explicadas durante os encontros de maneira clara e no momento em que as dúvidas se apresentam. Além, de variar as estratégias pedagógicas: conversação, leitura, escuta e escrita; para um ótimo aprendizado.

 Os nossos planos são continuar com os encontros Tandem e fazer deste programa uma possibilidade para nosso conhecimento da língua.

Claudia G. – Colômbia”


“Meu interesse com o Tandem surgiu em função da possibilidade de conhecer a cultura de outros países sem a necessidade de viajar. O aprendizado “normal” de uma língua, em um curso regular, tem uma carga de aprendizagem e gramática necessárias, mas que às vezes limitam a possibilidade de conhecer de mais profunda a cultura.

Quando conheci minha colega Tandem gostei muito do fato de termos muitas coisas em comum, pois isto facilita o diálogo e resultou em uma inesperada e boa amizade. Talvez sem algo em comum seja difícil manter a constância de um encontro semanal.

Em nossas conversas tive a oportunidade de conhecer uma Colômbia que não acessamos no Brasil. Seja na questão dos problemas sociais do país, como a guerra do narcotráfico e suas milhões de vítimas, seja a força e a beleza de seu povo. Além de partilhamos o aprendizado da língua, também podemos partilhar o que é ser latino-americano.

Outro ponto que temos no Tandem e não em um curso regular é a linguagem do dia a dia. Aprendemos gírias e palavras que normalmente na sala de aula não temos acesso. Por outro lado, como temos necessidades acadêmicas, também treinamos a escrita formal.

Falamos Espanhol a cada 15 dias e pretendemos seguir com os encontros em 2015.”

Paola C. – Brasil

Fevereiro/2015

Universidade Federal do Paraná
CELIN UFPR

Rua Dr. Faivre, 405, Edifício D. Pedro II
80060-140 | Curitiba |
55 41 3360-5101 e 3360-5267
Universidade Federal do Paraná
CELIN UFPR

Rua Dr. Faivre, 405, Edifício D. Pedro II
80060-140 | Curitiba |
55 41 3360-5101 e 3360-5267

UFPR nas Redes Sociais


UFPR nas Redes Sociais